Quem sou eu

Minha foto
Quando deitado, calado e mudo - da lente do verbo guardado, dentro do cubo do crânio - vejo tudo torto e quadrado.

quinta-feira, setembro 11, 2008

Senhores

Um díptico que me deu grande prazer de pintar e que foi adquirido pelo meu querido amigo e ex-sócio Ricardo Batista.
Clique sobre a pintura para visualizá-la em tamanho maior.
Mais material no link Pena: Desenhos/Pinturas.

4 comentários:

A Autora disse...

Muito lindo, Pena.

Bjs

Guto Leite disse...

Ola pena, achei teu blog pelo do Alfredo Aquino e gostei muito da tua arte! Além da ótima primeira impressão, pude ver melhor a imagen (clicando), as nuances do traço forte, a sugestão... Grande abraço e parabéns pelo talento!

Carlos Ferreira disse...

Impressionante o que vi aqui, Pena!
Parabéns!
Também vou estar por aqui.

Abraço.

Ricardo Valente disse...

Pena, troquei endereço para poemaEfilosofia.blogspot.com. Abração!